7 DICAS PARA COMEÇAR O ANO COM SUCESSO

7 DICAS PARA COMEÇAR O ANO COM SUCESSO

Do planejamento anual à organização do seu estoque, algumas estratégias simples (mas necessárias!)  podem ajudar a começar 2020 com o pé direito e conquistar sucesso para o ano todo

2020 já começou, mas ainda dá tempo de se preparar para os próximos meses com planejamento, organização e iniciativas essenciais para encarar os desafios do novo ano. Para isso, a Red Iron selecionou algumas dicas que devem fazer toda diferença para o sucesso do seu negócio. Vamos lá!

1.Estabeleça as metas do ano
Para ter certeza que conseguirá se manter no caminho certo, é importante pensar nos seus objetivos e os passos que devem ser tomados para conquistá-los. Aqui, é essencial avaliar as condições financeiras para entender quais são as prioridades e assim traçar metas reais. Você pode começar com uma lista, que ajudará a priorizar decisões e a estabelecer prazos. Depois, organize um cronograma para acompanhar o desenvolvimento das suas metas. Revise as suas metas periodicamente durante o ano, já que podem surgir novos desafios ou mudanças.

2.Procure uma consultoria
Fazer a gestão de uma empresa não é uma tarefa tão simples. Por isso, se precisa de ajuda para organização financeira, traçar um plano de negócios, fortalecer a sua marca e até encontrar oportunidades, uma solução é procurar consultoria empresarial. O Sebrae (https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae), por exemplo, tem um programa com o propósito de levantar as necessidades de sua empresa, identificar soluções e recomendar ações de melhoria para impulsionar o negócio.

3.Organize o seu estoque
Manter o estoque bem organizado deve ser uma das prioridades. Isso garantirá o controle de suas mercadorias, além de evitar perdas e gastos desnecessários. Então que tal já iniciar o ano dando uma geral no estoque? Cada pessoa tem um método, mas é importante estabelecer alguns processos para se organizar, como compra de produtos; chegada de mercadorias; organização dos produtos no espaço, seguindo critérios; vendas; e controle de todas as etapas relacionadas ao estoque. Dica: existem diversas ferramentas tecnológicas que podem ajudar no gerenciamento de sua empresa e organização do estoque.

4.Faça promoções inteligentes
Estimular as vendas é muito importante para manter o fluxo durante o ano todo. Mas é preciso pensar em cada estratégia para que a ação faça sentido e não acostume mal o seu cliente. Isso significa inovar e surpreender com promoções que aumentem o ticket de compra. Vale criar combos especiais, promoções sazonais, descontos progressivos de acordo com número de itens comprados, enfim, não dê o desconto apenas por dar. Pense em promoções inteligentes que fidelizem o seu cliente.

5.Conheça o seu público de verdade
Conhecer o público-alvo faz a sua empresa crescer, já que é a peça fundamental responsável pelo sucesso ou fracasso de qualquer negócio. Quando uma empresa conhece o seu público muito bem, ela aumenta as chances de atrair e gerar negócios. Saber o perfil do cliente é algo essencial para executar um bom trabalho para qualquer vendedor em uma abordagem, sondagem ou mesmo negociação. Você precisa identificar características, preferências, necessidades e entender o que cada cliente quer. Vale dar atenção às necessidades particulares e não coletivas, para que o cliente se sinta especial.

6.Explore a vizinhança
Os autores americanos Karl Hess e David Morris escreveram em 1976 o livro “Neighborhood Power: The New Localism”, traduzido para o português como “O poder da vizinhança”. Na obra, eles demonstram a importância de fortalecer a relação entre vizinhos e se engajar com a comunidade local. Você pode iniciar com um mapeamento de todos os negócios próximos à sua localização. Essa pesquisa identificará quem são os vizinhos para reconhecer as potencialidades, dificuldades, concorrência e objetivos comuns. A vizinhança unida pode ajudar o negócio crescer localmente, seja dando suporte, fazendo indicação, criando parcerias e oportunidade

7.Faça parcerias estratégicas
A parceria estratégica deve contar com uma troca mútua de benefícios, ou seja, tem por objetivo beneficiar os dois lados de alguma forma. Com isso, pode ajudar a gerar mais lucros, otimizar algumas funções, alavancar o nome da empresa, aumentar a divulgação dos produtos de maneira mais competitiva no mercado, enfim, é necessário conhecer e analisar o futuro parceiro, para que ambas as partes tenham vantagens.