Dicas de linguagem corporal para impressionar os clientes

Dicas de linguagem corporal para impressionar os clientes

O quanto você acha que o seu corpo diz sobre o que você está sentindo, em uma conversa, por exemplo? Você percebe que mesmo quando está em silêncio, você ainda está comunicando seus sentimentos e pensamentos verdadeiros aos seus clientes por meio de sua postura, expressões faciais e outras dicas não-verbais?

Já vimos muito aqui que o objetivo não é apenas de atrair clientes para o seu salão de beleza, mas sim convertê-los em clientes leais e com poder de influenciar na decisão de outras pessoas. O que acontecerá em seu negócio e como eles se sentirão ao sair de lá determinará em grande parte se eles retornarão. Por isso que dominar os fundamentos da linguagem corporal ajudará seu salão a oferecer a melhor experiência e melhorar a lealdade e retenção de clientes. Vem que nós te explicamos melhor:

1. Faça contato com os olhos
Manter um bom contato visual mostra respeito e interesse pelo que os clientes estão dizendo e mostra que você está ouvindo. Isso é especialmente importante no início do serviço, quando você está construindo um relacionamento para que sua cliente se abra para você, fale sobre suas preocupações com a beleza e comece a confiar em você. Dessa forma, você conseguirá superar as suas expectativas e proporcionar um bom atendimento.

2. Mostre ao cliente que você está interessado nele
Sinais não verbais positivos, como assentir com a cabeça, tranquilizam seu cliente de que você está engajado e sendo atencioso, especialmente durante o início do atendimento. Evite pistas negativas , como inclinar-se para trás ou manter as mãos no bolso – ambas podem indicar falta de interesse, desrespeito e até antipatia.

3. Postura
No primeiro contato, ou com um cliente difícil, a última coisa que você quer é que sua linguagem corporal revele que você está se sentindo intimidado ou ansioso. Ao contrário, os clientes precisam vê-lo como um especialista e como um par de mãos experientes e seguras. Se curvar, deixar cair o queixo, inclinar os ombros para a frente, enquanto brinca com seu cabelo, roer as unhas ou mexer em joias pode parecer tenso ou nervoso. Para disfarçar, fique ereto, mantenha sua cabeça nivelada e relaxe seus ombros.

4. Evite barreiras não verbais
Evite colocar uma barreira física entre vocês. Segurar um secador de cabelo, uma caneca ou um produto em suas mãos cria um obstáculo no espaço entre vocês. Se você se sentir desconfortável, é provável que empurre o obstáculo cada vez mais alto e mais perto de você, reforçando a barreira e sinalizando seu desconforto. Quando você tiver que segurar algo, mantenha as mãos na altura da cintura.

Conseguiu entender a importância da sua postura diante de um atendimento com o cliente? Em um primeiro momento pode parecer muita coisa e difícil, mas é só prestar atenção que se tornará um hábito. Lembre-se sempre que o consumidor deve se sentir confortável no seu espaço e, principalmente, com você.